Megawati pede interrupção de ataques no Ramadã

Megawati Sukarnoputri, presidente da Indonésia, a mais populosa nação muçulmana, alertou os EUA que a coalizão global contra o terrorismo pode se desmontar se a guerra no Afeganistão seguir atingindo civis. Em seu primeiro discurso à nação desde que assumiu o posto há 100 dias, Magawati pediu ainda à administração Bush que cessem os ataques durante o mês sagrado do Ramadã, que inicia-se em 17 de novembro. "Pedimos que os ataques militares, direcionados à caça de terroristas suspeitos e os quais tem tirado a vida de muitos inocentes, não continuem no mês sagrado do Ramadã e no dia do Natal", disse Megawati.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.