Melanomas extirpados do presidente Bush são benignos

Os dois melanomas extirpados na sexta-feira da têmpora esquerda do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, são benignos, informou neste sábado, 17, a Casa Branca.Embora em princípio tinha sido indicado que seria necessário esperar até meados da próxima semana para obter o resultado das análises, a benignidade dos melanomas foi conhecida muito antes do que o esperado, segundo o porta-voz da Presidência Alex Conant.Segundo indicou a Casa Branca, a intervenção da sexta-feira durou apenas cinco minutos e foi feita pelo dermatologista Steve Krida, do centro médico militar Walter Reed.Como resultado desta pequena intervenção, o presidente ficará com uma pequena ferida na testa durante a próxima semana ou no máximo por dez dias.Bush tem um histórico de lesões na pele, devido ao forte sol texano e às horas que passa ao ar livre em seu rancho de Crawford (Texas).A última vez que extirparam melanomas de sua pele foi em dezembro de 2004, segundo informações da Casa Branca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.