Melhorar eficiência é tarefa permanente, diz Lufthansa

Melhorar a eficiência é uma tarefa contínua para companhia aérea alemã Lufthansa, disse o presidente da empresa, Carsten Spohr, em entrevista publicada pelo jornal Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung neste domingo. "A melhoria da eficiência é uma tarefa permanente", disse Spohr. "Mas isso não é tão incomum", disse ele, acrescentando que a indústria automobilística vem praticando isso há anos.

Agência Estado

13 Julho 2014 | 08h37

A Lufthansa lançou em 2012 um programa para economizar 1,5 bilhão de euros. Entre as medidas para alcançar a meta, a companhia estabeleceu o corte de 3.500 postos de trabalho.

Em junho, a Lufthansa informou que os lucros deste ano e de 2015 seriam menores que inicialmente previstos. Segundo a empresa, os resultados foram impactados por greves sindicais e crescimento da receita mais fraco que o esperado tanto no segmento de passageiros como no de carga. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Alemanha Lufthansa eficiência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.