Membro da Jihad Islâmica é morto em Hebron

Tropas israelenses mataram na manhã de hoje um dos líderes do grupo palestino Jihad Islâmica durante confrontos na cidade de Hebron, na Cisjordânia, informou o Exército de Israel. Os palestinos não confirmaram a morte de Mohammed Sider, que pode estar sob os escombros de uma casa destruída no confronto. Israelenses afirmaram que Sider foi encurralado em sua casa e não quis se entregar. Logo depois um míssil foi lançado e atingiu a casa onde o palestino estava.No início desta madrugada, soldados israelenses destruíram a casa do suicida palestino Yusuf Qfeish no campo de refugiados de Askar, perto de Nablus. Na terça-feira, Qfeish, que pertence ao grupo Hamas, se imolou em frente ao assentamento judeu de Aiel, matando um israelense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.