Membro das Farc é extraditado para os Estados Unidos

Diego Alfonso Navarrete, membro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) foi extraditado para os EUA para enfrentar julgamento de acusações de sequestro e terrorismo contra americanos. Navarrete foi apresentado a uma corte americana nesta sexta-feira e se for considerado culpado, pode ser condenado a cadeia perpétua.

Estadão Conteúdo

21 de novembro de 2014 | 21h46

No mês passado, um dos membros das FARC, maior grupo guerrilheiro colombiano, Alexander Beltrán Herrera foi condenado a 27 anos de prisão, dois anos e meio depois de ser extraditado para os EUA.

De acordo com Washington, Navarrete, Beltrán e seus cúmplices nas Farc participaram do sequestro de três americanos na Colômbia há mais de uma década. Os americanos faziam um voo de reconhecimento de narcóticos no sul do país latino quando foram a fazer um pouso de emergência e então sequestrados. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAColômbiaFarc

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.