Membro de comissão eleitoral russa morre após atentado

Polícia abriu investigação para procurar pistoleiro, que conseguiu fugir

Efe

28 de agosto de 2010 | 07h32

MOSCOU - O presidente da Comissão Eleitoral da república russa do Daguestão, Dayimurad Suleymanov, morreu neste sábado, 28, em consequência dos ferimentos sofridos em atentado do qual foi vítima na sexta-feira à noite.

Syleymanov, que levou quatro tiros, faleceu em um hospital da cidade de Khasaviurt, informou à agência "RIA Novosti" uma fonte do Ministério do Interior da república, situada às margens do Mar Cáspio.

Pouco antes de 0h (horário local), um homem não identificado entrou na casa de Suleimanov e disparou várias vezes.

A polícia russa abriu investigação para procurar o pistoleiro, que conseguiu fugir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.