Membros de forças de segurança iemenitas morrem em ataque

Segundo fontes, vários homens armados e vestidos com uniformes militares atacaram a sede do serviço secreto, na cidade de Áden

Efe,

19 de junho de 2010 | 06h33

SANA - Pelo menos três membros das forças de segurança morreram neste sábado, 19, em um ataque de um grupo armado contra a sede dos serviços secretos na cidade litorânea de Áden, no Iêmen 350 quilômetros ao sul de Sana, em uma tentativa de libertar vários presos.

Fontes dos serviços de segurança disseram e que vários homens armados, vestidos com uniformes militares, entraram no começo do dia de hoje no prédio, situado cerca do porto da cidade. O grupo conseguiu entrar no local após enfrentar guardas de segurança.

Moradores de uma casa próxima explicaram que viram várias ambulâncias levar as vítimas. Por enquanto, se desconhece se os agressores pertencem à rede terrorista Al Qaeda ou são membros do movimento separatista do sul do Iêmen.

O Iêmen é o centro de operações da Al Qaeda na península Arábica e enfrenta outros problemas como um movimento separatista no sul e rebeldes xiitas no norte.

Tudo o que sabemos sobre:
Iêmen, forças, segurança, ataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.