Menem desiste de denunciar fraude eleitoral

O ex-presidente Carlos Menem, candidato presidencial pelo Partido Justicialista, ameaçou, mas acabou desistindo de apresentar denúncia de fraude eleitoral no primeiro turno das eleições presidenciais no dia 27 de abril. A Câmara Eleitoral Nacional informou que venceu hoje o prazo para apresentação de denúncias por supostas fraudes nas eleições e que nenhuma denúncia formal foi apresentada.Até o final da tarde, o advogado de Menem, Luis Giacosa, não se apresentara perante a Justiça, como anunciou ontem. O escrutínio definitivo nas 24 províncias foi concluído nesta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.