Menem seria derrotado num segundo turno, diz pesquisa

Pesquisa de intenção de voto divulgada hoje pela Ricardo Rouvier y Asociados indica que o ex-presidente argentino Carlos Menem seria derrotado por qualquer um dos outros três concorrentes à Presidência, no caso de haver segundo turno nas eleições.O primeiro turno está marcado para 27 de abril; caso nenhum candidato obtenha mais de 45% dos votos, ou nenhum obtenha algo entre 40% e 45% e tenha uma diferença de 10 pontos porcentuais em relação ao segundo colocado, haverá segundo turno em 18 de maio entre os dois mais votados.Pesquisa recente da Ricardo Rouvier indica que o candidato apoiado pelo presidente Eduardo Duhalde, Nestor Kirchner, lidera nas preferências para o primeiro turno com 17,3%; Menem aparece em segundo com 16,3%. Na pesquisa divulgada hoje, Kirchner venceria Menem num segundo turno por 52% a 20%. Num segundo turno entre Menem e a candidata de esquerda Elisa Carrio, Menem seria derrotado por 40% a 30%. Caso o segundo turno fosse entre Menem e o também ex-presidente Adolfo Rodriguez Sáa, Menem perderia por 39% a 20%.A pesquisa também indica que Kirchner venceria Carrio num segundo turno por 42% a 29% e bateria Rodriguez Sáa por 42% a 26%; Carrio venceria Rodriguez Sáa por 38% a 30%.A pesquisa foi realizada entre os dias 1º e 9 de março, com 1.550 entrevistados. A margem de erro não foi divulgada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.