Menina abandonada encontra a avó materna na Nova Zelândia

Qian Xun Xue, de 3 anos, foi abandonada há 10 dias pelo pai em uma estação ferroviária em Melbourne

Reuters e Efe,

25 de setembro de 2007 | 06h19

A menina de 3 anos abandonada pelo pai numa estação ferroviária em Melbourne, na Austrália, há dez dias, se encontrou com sua avó materna na Nova Zelândia nesta terça-feira, 25. Enquanto isso, a polícia dos Estados Unidos continua a busca pelo pai da garota, acusado de matar a mãe da criança.  Liu Xiaoping, 53, chegou à Nova Zelândia durante a manhã desta terça e espera conseguir a custódia da neta. A avó planeja viver com a menina na cidade chinesa de Changsha, na província de Hunan. Nesta quarta-feira, Liu deverá reconhecer o corpo de Annie Liu, de 27 anos, sua filha e mãe de Qian. A criança, apelidade pela imprensa australiana de "Pumpkin", por causa da roupa que usava quando foi abandonada, é possivelmente a única testemunha da tragédia envolvendo a sua família. O pai, Michael Xue, um editor neozelandês de 54 anos com antecedentes de violência doméstica, saiu da Nova Zelândia no dia 13 de setembro, levando a filha para Melbourne. Dois dias depois, abandonou a menina numa estação de trem. O circuito fechado de câmeras de vídeo da estação de Southern Cross gravou o momento no qual o homem deixou a menina sozinha. Ele foi embora para pegar um avião rumo a Los Angeles (EUA), aonde chegou no mesmo dia. Três dias mais tarde, a polícia neozelandesa encontrou o corpo de Annie Liu no porta-malas de um carro da família, estacionado em frente à sua casa, e emitiu uma ordem de captura contra o pai, que está foragido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.