Menina baleada pelo Taleban é transferida

A estudante paquistanesa Malala Yousafzai, baleada pelo Taleban por fazer uma campanha pelo direito à educação feminina, desembarcou nesta segunda-feira no Reino Unido, onde receberá tratamento médico especializado.

AE, Agência Estado

15 de outubro de 2012 | 13h04

O exército paquistanês havia informado mais cedo que os médicos de Malala recomendaram que a adolescente fosse transferida para o Reino Unido assim que tivesse condições de viajar.

Ela chegou à Grã-Bretanha na tarde desta segunda-feira e seria transferida para o Hospital Rainha Elizabeth, em Birmingham, região central da Inglaterra.

Malala, de 14 anos, foi baleada na cabeça durante ataque do Taleban ao ônibus escolar em que viajava com outras garotas. O ataque ocorreu no dia 9 de outubro na região do Vale do Swat, área ultraconservadora do país, e causou comoção internacional. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino UnidogarotabaleadaTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.