Menina de 2 anos quase se afoga em máquina de lavar

Uma menina de 2 anos de idade escapou por pouco de morrer afogada em uma máquina automática de uma lavanderia ?self service? na cidade de Pomona, na Califórnia. "Ela ainda não tinha se afogado, mas estava por pouco", comentou, aliviado, o capitão Dan Ramírez, um dos bombeiros que atenderam ao chamado de emergência, no sábado.Hoje, enquanto a criança se recuperava em um hospital de Los Angeles, a mãe, Erma Osborne, de 35 anos, estava detida sob a acusação de "colocar em risco a integridade" da filha, com fiança fixada em US$ 100 mil. Erma não foi declarada formalmente suspeita de tentativa de assassinato, mas imagens gravadas pela câmera de vídeo da segurança da lavanderia mostraram que ela colocou a menina em uma máquina e fechou a porta. Como a lava-roupas só pode ser aberta depois que se completa o ciclo de lavagem, um policial teve de arrebentar o vidro frontal da máquina com o cassetete. Um homem que prontamente segurou a cabeça da criança acima do nível da água sofreu cortes no braço e teve de ser atendido para estancar a hemorragia. A menina foi retirada inconsciente da máquina e teve de ser reanimada no local. Ela sofreu cortes e escoriações mas, de acordo com o hospital, sua vida não corria risco.A polícia foi alertada do incidente por funcionários da lavanderia. Quando os policiais e bombeiros chegaram, encontraram um cenário caótico, com os funcionários tentando desesperadamente abrir a lava-roupas - segundo uma versão, com ajuda da mãe da menina. "Ela estava nos últimos suspiros. Felizmente, conseguimos tirá-la viva", disse o capitão Ramírez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.