Menino causou explosão que matou 36 na China

O petardo lançado por um menino ao interior de um armazém pirotécnico foi a origem da explosão que causou 36 mortos e deixou meia centena de feridos no domingo passado na província de Henan, segundo a investigação preliminar divulgada hoje. De acordo com o relatório dos investigadores, o fato começou quando um grupo de menores brincava com fogos à porta do armazém e "um deles lançou um petardo aceso através de um conduto de ventilação, o que provocou a detonação dos artefatos pirotécnicos" em cadeia.No entanto, acrescentaram que a deficiente gestão do armazém, que estava fechado por não contar com as permissões pertinentes, também foi um motivo importante nas causas do acidente, por isso se iniciou outra investigação para determinar possíveis responsabilidades penais.As oito pessoas feridas gravemente estão fora de perigo, informou hoje a agência oficial Xinhua. A explosão aconteceu em Linqi, na província central de Henan, em 29 de janeiro, primeiro dia do ano novo lunar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.