Menino chinês de quatro anos mata 443 frangos a gritos

Um menino de apenas quatro anos matou 443 frangos em um povoado de Jiangsu, província do leste da China, usando apenas sua voz potente, informou nesta quinta-feira o jornal Nanjing Morning Post.Um tribunal local determinou que os gritos da criança tinham sido os causadores da misteriosa morte das aves, ocorrida em 24 de setembro na comarca de Haian. O pai do menino, de sobrenome Xu, que trabalha como entregador de gás, foi obrigado a pagar uma indenização de 1.800 iuanes (cerca de US$ 230) ao dono dos frangos mortos, chamado Wang.Tudo começou quando o pai entrou em uma fazenda para fazer uma entrega, acompanhado do filho, e um cachorro assustou a criança com seus latidos.O menino começou a proferir gritos de horror que assustaram os frangos do galinheiro próximo, que começaram a pisotear uns aos outros e muitos deles morreram esmagados.O juizado local determinou que o grito da criança foi o único "som anormal" que pôde ter causado o tumulto no galinheiro, baseado em declarações de testemunhas que confirmaram o forte grito do menino, que estava próximo a uma janela que dava para o galinheiro.Os veterinários ainda afirmaram que os frangos mortos não sofriam de nenhuma intoxicação, nem da gripe aviária ou de alguma outra doença mortal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.