Menino de 8 anos sentenciado nos EUA por acariciar amigas

Um menino de 8 anos acusado de acariciar quatro amiguinhas de escola, será o participante de menor idade em toda a história dos programas de reabilitação para delinqüentes sexuais dos EUA. O menino, cujo nome não foi divulgado devido à idade, declarou-se culpado de um delito sexual de pouca gravidade e não rebateu uma acusação sobre agressão sexual mais grave. Ele foi sentenciado ontem à noite. De acordo com o juiz do caso, se o menino completar o programa de reabilitação sem problemas, as acusações mais graves que pesam sobre ele serão retiradas. Segundo autoridades, o menino receberá assistência individual porque, devido à idade, não são apropriadas as costumeiras sessões psicológicas em grupo, que são implementadas para adolescentes. Segundo os autos do processo, o menino acariciou uma companheira de 7 anos e tocou outras três da mesma idade de maneira inapropriada, enquanto assistiam Mary Poppins na escola em Mount Clemens, em maio último. O juiz também colocou a criança por dois anos em liberdade condicional. O advogado de defesa, Richard Marcil, disse que estava satisfeito com o resultado do caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.