Mensagens a Deus agora pelo Twitter

Serviço facilita pedidos de judeus

Steve Weizman, AP, JERUSALÉM, O Estadao de S.Paulo

24 de julho de 2009 | 00h00

Durante séculos os judeus depositaram orações escritas em pedaços de papel nos vãos ancestrais entre as pedras do Muro das Lamentações, na Cidade Velha de Jerusalém. Nos últimos anos, as orações puderam ser enviadas por fax ou e-mail - e, agora, também podem ser mandadas via Twitter. O Muro das Lamentações acaba de receber seu próprio endereço na rede de microblogs, permitindo que fiéis de todo o mundo deixem suas orações entre as pedras do muro de 2 mil anos sem deixar o conforto de seus lares.O fundador do serviço, Alon Nil, diz que os solicitantes podem "twitar" suas preces, que serão impressas e levadas ao muro, onde se juntarão às milhares de orações escritas à mão deixadas no local pelos visitantes, que acreditam que seus pedidos encontrarão um atalho até Deus ao ser depositados lá. O economista de 25 anos inaugurou a página no Twitter há três semanas e já recebeu centenas de orações."Tudo começou logo após os protestos no Irã, quando percebi o potencial do site", diz Nil. "Existe um número ilimitado de usos para o Twitter e comecei a pensar o que podia fazer de novo e criativo para beneficiar o povo de Israel."Quando o governo do Irã fechou a mídia tradicional, logo após as eleições de junho e os violentos protestos que se seguiram a elas, os iranianos usaram o Twitter para compartilhar informações e fotos com o mundo.Nil acompanha o Twitter como hobby, mas espera que sua pequena operação seja capaz de aproximar pessoas de todo o mundo. "Já recebemos orações de quase todos os países", disse. "Espero que, ao ''twitarem'' suas orações, as pessoas estejam se ajudando de alguma maneira. Quando você descobre e enuncia aquilo que quer, em 140 caracteres ou menos, pode começar a agir."A maioria das orações é enviada ao Twitter em mensagens particulares, mas Nil encoraja seus seguidores a tornar públicas suas "twitadas". Somente alguns decidiram fazê-lo, como o usuário que se identifica apenas como Yonatan."Louvado seja Hashem por tudo que Ele fez por mim, que Ele abençoe minhas empreitadas e me conduza à sabedoria e à verdade", "twitou" Yonathan na quarta feira, usando um sinônimo hebraico para Deus. O muro é tudo o que resta do complexo que antes abrigava templos bíblicos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.