Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Mentor do atentado de Bali é preso na Indonésia

O indonésio Imam Samudra, principal suspeito de ter planejado o atentado na discoteca Sari Club, na ilha de Bali, onde morreram cerca de 190 pessoas e centenas ficaram feridas, em 12 de outubro, foi preso nesta sexta-feira quando tentava embarca no porto de Merak, a 100 km ao leste de Jacarta, para a ilha vizinha de Sumatra, informou o inspetor Made Mangku Pastika, em Denpasar, capital de Bali. Da´i Bachtiar, diretor da polícia federal indonésia, afirmou, após interrogar o militante islâmico, que Samudra foi o mentor das explosões em Bali e que ele teria ?decidido quando e onde? seriam colocadas as bombas. Pastika informou que os interrogatórios continuarão em Banten até a próxima semana, quando levarão o preso para a delegacia de Denpasar, onde está detido o indonésio Amrozy, de 39 anos, que confessou sua participação no atentado e a de Samudra. Segundo as investigações, Samudra seria chefe de operações na Indonésia do grupo Jemaah Islamiya (Comunidade Islâmica), vinculado com a rede terrorista Al-Qaeda, do milionário saudita Osama bin Laden.

Agencia Estado,

22 de novembro de 2002 | 06h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.