Mercadante propõe suspender acordos com Honduras

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) disse hoje que vai pedir celeridade na aprovação do projeto de sua autoria de decreto legislativo que susta a tramitação congressual dos acordos bilaterais firmados entre o Brasil e Honduras. A suspensão, segundo o senador, tem o intuito "legítimo de pressionar pela volta da democracia a Honduras". A proposta foi apresentada por Mercadante no último dia 11 de agosto e está sob análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado.

CAROL PIRES, Agencia Estado

22 de setembro de 2009 | 13h38

Ele observou que Zelaya foi eleito em pleito democrático e que divergências políticas e ideológicas "são naturais em regimes abertos e não justificam, sob nenhuma hipótese, a quebra da ordem democrática". "O anacrônico e absurdo golpe de Estado perpetrado contra o legítimo presidente daquele país, Manuel Zelaya, representa afronta a todas as consciências democráticas do planeta", diz Mercadante, na justificativa do projeto.

Tudo o que sabemos sobre:
HondurasgolpeMercadante

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.