Mercosul e Chile manifestam preocupação com Bolívia

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil divulgou a declaração do Mercosul e Chile sobre os protestos, ontem, em La Paz, Bolívia, que provocaram a morte de pelo menos 10 pessoas. Os países do Mercosul e o Chile manifestaram "profunda preocupação" com os acontecimentos e expressaram a convicção de que "o diálogo é a melhor opção para chegar a uma solução pacífica e constitucional". Eles exortaram ainda o respeito aos valores e às instituições democráticas e lamentaram a perda de vidas humanas. Os protestos na Bolívia começaram depois que o presidente Gonzalo Sánchez de Lozada anunciou uma série de medidas impopulares, como o aumento de 7% para 13% dos impostos pagos para quem recebe salários acima de US$ 100 por mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.