Mergulhador sul-coreano morre em buscas no naufrágio

Um mergulhador civil envolvido nas buscas por dezenas de pessoas desaparecidas após o naufrágio de um navio na Coreia do Sul morreu, informaram funcionários do governo.

AE, Agência Estado

06 Maio 2014 | 01h29

O porta-voz da força-tarefa do governo Ko Myung-seok disse que o mergulhador morreu em um hospital nesta terça-feira após ficar inconsciente. Ele participava das buscas na costa sul, onde o Sweol afundou em 16 de abril, deixando 260 mortos e cerca de outros 40 desaparecidos.

Outro funcionário da força-tarefa disse que o mergulhador, de 53 anos, foi levado à superfície por colegas após perder a comunicação cinco minutos após entrar no mar. Essa era sua primeira busca.

Apesar da morte, os mergulhadores continuam os trabalhos nesta terça-feira. As autoridades acreditam que os desaparecidos estão em 64 das 111 áreas do navio e que as equipes de busca irão visitar novamente essas áreas em busca de mais vítimas. Ko explicou que a escuridão, fragmentos e um labirinto de corredores e cabines tornam o processo difícil. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Coreia do sul naufrágio mergulhador

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.