Merkel: crise da zona do euro dura ao menos mais 5 anos

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse que a crise da dívida soberana da zona do euro durará pelo menos mais cinco anos. Segundo ela, o continente está no caminho certo para superar a crise, mas "quem acha que isso pode ser resolvido em um ou dois anos está errado."

AE, Agência Estado

03 de novembro de 2012 | 13h41

Há alguns anos países europeus altamente endividados foram arrastados para uma turbulência que primeiro atingiu os mercados financeiros globais em 2007. A Grécia, em particular, está enfrentando condições de austeridade impostas por países como a Alemanha.

Mas Merkel afirmou em uma reunião regional do seu partido Democrata Cristão (CDU) neste sábado que o tempo para "um pouco de rigor" chegou. Caso contrário, disse a chanceler, a Europa não conseguirá atrair investimentos internacionais. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Merkelcriseeuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.