Merkel critica EUA por espionagem 'entre amigos'

A chanceler alemã Angela Merkel disse nesta quinta-feira que é "completamente inaceitável" que os Estados Unidos espionem seus "amigos". Foram os primeiros comentários em público do governo Merkel a respeito das acusações de que agências de inteligência norte-americanas grampearam o telefone da chanceler.

Agência Estado

24 de outubro de 2013 | 13h13

Falando a jornalistas quando seguia para uma reunião de líderes da União Europeia (UE) em Bruxelas, Merkel disse que os Estados Unidos devem ser transparentes sobre suas atividades de vigilância na Alemanha, seja no que diz respeito a ela mesma ou a outros cidadãos alemães.

"A espionagem entre amigos é completamente inaceitável", disse Merkel aos repórteres em breve comunicado, ao chegar ao local da cúpula. "Precisamos de confiança entre aliados e parceiros e esta confiança precisa ser reconstruída." Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaEUAespionagemcríticas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.