Merkel diz que União Europeia precisa de uma 'Grã-Bretanha fortalecida'

Chanceler é a primeira líder alemã a discursar no Parlamento inglês em 27 anos

O Estado de S. Paulo,

27 de fevereiro de 2014 | 12h26

LONDRES - A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta quinta-feira, 27, durante discurso ao Parlamento inglês, que a União Europeia precisa de uma Grã-Bretanha fortalecida. Merkel é a primeira líder alemã a se dirigir ao parlamento inglês em 27 anos.

"Precisamos de uma Grã-Bretanha forte, com voz enérgica na União Europeia. Se tivermos isso, seremos capazes de fazer as mudanças necessárias para o benefício de todos", disse a chanceler, que deve almoçar com o primeiro-ministro David Cameron.

Merkel discursou para as duas câmaras do Parlamento, reunidas no Palácio de Westminster. Ela é a terceira líder alemã a discursar no Parlamento inglês.

A chanceler deixou claro a vontade da Alemanha de que a Grã-Bretanha continue na União Europeia e afirmou que Londres não precisa provar seu comprometimento com o bloco. O governo britânico pede reformas no bloco e Cameron se comprometeu a convocar um referendo em 2017, questionando se os britânicos querem seguir na UE, caso vença as eleições de 2015.

Merkel disse que não pode prometer uma reforma do bloco ao modo que a Grã-Bretanha deseja, mas incitou os parlamentares a "ter a coragem de introduzir mudanças para melhorar a UE". "Unidos e decididos podemos servir de modelo para outras regiões do mundo. Isso, e nada menos do que isso, deveria ser nosso objetivo comum."

Segundo a chanceler, é preciso "renovar a Europa para adaptá-la aos tempos modernos, de forma que possa cumprir sua promessa de paz, liberdade e prosperidade também para as gerações futuras."/ EFE e AP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.