Merkel e oposição fecham acordo para formar governo

Os maiores partidos da Alemanha concordaram na madrugada desta quarta-feira em estabelecer um acordo para formar um governo de coalizão liderado pela chanceler Angela Merkel.

AE, Agência Estado

27 de novembro de 2013 | 05h09

Após uma maratona de 17 horas de negociação, os partidos da coalizão de Merkel - União Social Cristã (CSU) e União Democrata Cristã (CDU) - e o Partido Social-Democrata (SPD, na sigla em alemão) concordaram em introduzir um salário mínimo e endurecer as regras do mercado de trabalho, assim como impulsionar os gastos nas pensões, na educação e na infraestrutura.

O acordo foi fechado depois de um mês de negociações para formar o terceiro governo da chanceler Angela Merkel, que terá uma maioria de dois terços na Câmara Baixa do Parlamento. O tratado de coalizão deve ser apresentado nesta quarta-feira.

O desfecho ainda é incerto porque os social democratas vão colocar o acordo em votação pelos seus mais de 470 mil membros nas próximas duas semanas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
alemanhamerkelcoalizão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.