Markus Schreiber/AP
Markus Schreiber/AP

Merkel: ‘Reino Unido não terá mesmos direitos dos países da UE após Brexit’

Chanceler alemã cobra diálogo construtivo antes do Brexit

O Estado de S.Paulo

27 Abril 2017 | 05h41

BERLIM – A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, advertiu os britânicos que não poderão contar com os mesmos direitos de um país membro da União Europeia (EU) após o processo do Brexit. Em pronunciamento ao Parlamento alemão nesta quinta-feira, 27, ela ainda criticou certas ‘ilusões’ a respeito da separação da UE no Reino Unido.

“Um país de fora não terá os mesmos direitos, nem direitos mais vantajosos em relação a um país membro”, disse Merkel, diante dos deputados em Berlim.

A líder alemã ressaltou que o Reino Unido deve investir em um 'diálogo construtivo' com o bloco antes do começo das negociações sobre a saída. “Precisamos saber como a Grã-Bretanha vê suas relações futuras conosco.”

O Reino Unido tem dois anos para completar o acordo e deixar o bloco formado por 28 nações. No momento, o país tem foco principal nas eleições antecipadas para o cargo de primeiro-ministro, marcadas para junho. / AP e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.