Merkel: renúncia marca dia de grande alegria no Egito

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse que a renúncia de Hosni Mubarak marcou "um dia de grande alegria" para o Egito e acrescentou que espera uma transição tranquila e eleições livres em breve no país. "Eu desejo ao povo um governo livre de corrupção e censura", disse Merkel. Ela afirmou que a administração militar do país deve levar a eleições livres e que um novo governo deve dar apoio à segurança de Israel.

REGINA CARDEAL, Agência Estado

11 de fevereiro de 2011 | 16h02

"Esperamos de um futuro governo egípcio que busque a paz no Oriente Médio, honre os tratados com Israel e que a segurança de Israel seja garantida", disse Merkel. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EgitorenúnciaMubarakIsraelMerkel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.