Merkel: supervisor bancário deve ser efetivado em 2013

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse hoje que um novo supervisor bancário único para a zona do euro poderá ser efetivado em 2013. A criação da figura de um fiscal eficaz para os bancos é a condição fundamental que os líderes da zona do euro determinaram, em junho, para permitir que seu fundo de resgate possa recapitalizar diretamente os bancos. Atualmente, o fundo só pode fazer empréstimos para governos.

Agência Estado

19 de outubro de 2012 | 01h20

Merkel disse ainda que os líderes da União Europeia estabeleceram uma meta "ambiciosa" de chegar a um acordo sobre o quadro jurídico para o novo supervisor bancário - sob os auspícios do Banco Central Europeu - até o final de 2012. Esse quadro será implementado em 2013, tarefa que Merkel afirmou não ser "uma questão de um ou dois meses, pois isso vai levar mais tempo". As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.