Mesquita de Lisboa é evacuada após ameaça de bomba

Cerca de 600 fiéis foram retirados de uma mesquita em Lisboa nesta sexta-feira após uma denúncia anônima ter sugerido a presença de uma bomba no interior do templo. No entanto, um esquadrão antibombas esteve no local e nada encontrou. A polícia lisboeta disse que o falso alarme havia sido o primeiro ato de hostilidade contra a pequena comunidade muçulmana em Lisboa, cujos membros são, em sua maioria, da Ásia e não do Oriente Médio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.