Mesquita palestina é saqueada na Cisjordânia

Palestinos na Cisjordânia disseram que uma mesquita foi saqueada em um aparente ataque de um grupo de judeus extremistas. O líder religioso local Salah Jodeh informou à Associated Press que a mesquita na vila de Dir Istia foi queimada na manhã desta quarta-feira.

AE, Agência Estado

15 de janeiro de 2014 | 20h25

Salah Jodeh contou que a porta da mesquita ficou em chamas e que parte do carpete se queimou. Os saqueadores picharam nas paredes do local a frase: "Sangue por sangue, Qusra".

A frase é uma referência à vila onde palestinos entraram em choque com colonos israelenses e que segundo testemunhas haviam atacado outros palestinos anteriormente.

A polícia de Israel disse que está investigando o ataque.

A taxa anual de ataques de colonos judeus contra palestinos quase duplicou em oito anos, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o que dá apoio às afirmações de que as forças de segurança de Israel não conseguiram conter a campanha que ficou conhecida como ''price tag'', ou ''preço a pagar'', e que consiste de ataque a mesquitas, corte de árvores, principalmente oliveiras e espancamento de agricultores palestinos. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Israelpalestinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.