Gene Blevins/Reuters
Gene Blevins/Reuters

Metade dos incêndios na Califórnia está controlada, diz autoridades

Até o momento, uma mulher de 70 anos e um bombeiro morreram por conta do fogo; mais de 8 mil profissionais continuam trabalhando para conter as chamas

O Estado de S.Paulo

19 Dezembro 2017 | 04h15

LOS ANGELES - Autoridades informaram nesta segunda-feira, 18, que o incêndio Thomas, que há duas semanas devastou cerca de 110 mil hectares no sul da Califórnia, está 50% controlado. O Departamento Florestal e de Proteção Contra Incêndios do Estado americano destacou em um relatório que as condições meteorológicas, com ventos mais suaves e aumento da umidade, favoreceram o avanço dos serviços de emergência para apagar o fogo.

++Incêndios na Califórnia chegam à região de Montecito, em Santa Bárbara

Mais de oito mil bombeiros continuam trabalhando para combater algumas chamas que destruíram mais de mil edifícios e motivaram a saída de cerca de 100 mil pessoas nas cidades de Santa Barbra e Ventura. Na semana passada, foi registrada a segunda morte por conta do incêndio quando um bombeiro morreu durante o trabalho.

A primeira morte foi de uma mulher de 70 anos que sofreu um acidente de carro quando fugia do incêndio. Ele foi encontrada dentro do veículo, com queimaduras e sinais de ter inalado muita fumaça.

++ Incêndios na Califórnia se agravam e atingem bairros de famosos

Este é o pior ano de incêndios florestais registrados na Califórnia, principalmente devido aos grandes incêndios que ocorreram em outubro em vários municípios no norte do Estado e que devastaram muitas das famosas regiões vinícolas de Napa e Sonoma. Nesses incêndios, 44 pessoas morreram e cerca de 8.900 casas e outra estruturas foram destruídas. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Califórnia [Estados Unidos] incêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.