Metade dos suecos rejeita referendo sobre Europa

Uma pesquisa realizada na Suécia mostra que um em cada dois cidadãos opõe-se à realização de um referendo sobre a futura Constituição Européia, preferindo que a questão seja resolvida pela via parlamentar. A sondagem Sifo perguntou se a ratificação da Constituição Europeia deveria ser alvo de uma consulta popular ou, pelo contrário, decidida pelo Parlamento sueco. Dos mil pesquisados, 52% mostraram-se contrários à realização do referendo e 36% manifestaram-se a favor. Cerca de 13% disseram não ter opinião formada sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.