Metrô isenta eleitores de pagar passagem

Com o alto comparecimento dos eleitores na eleição de ontem, os metrôs de Caracas e Maracaibo, as duas maiores cidades da Venezuela, funcionaram em horário estendido e sem cobrar passagens para transportar os eleitores rumo aos centros de votação. Normalmente caótico, o trânsito da capital venezuelana também ficou complicado ao longo do dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.