AFP PHOTO / YURI CORTEZ
AFP PHOTO / YURI CORTEZ

Mexicanos formarão cerca de luz para receber papa Francisco

Conferência do Episcopado Mexicano pediu que integrantes do cordão humano usem celulares ou pequenas lanternas para recepcionar o pontífice do aeroporto até a Nunciatura apostólica

O Estado de S. Paulo

11 de fevereiro de 2016 | 14h17

CIDADE DO MÉXICO - Os mexicanos formarão na próxima sexta-feira, 12, uma cerca luminosa de 19 quilômetros ao longo do primeiro trajeto terrestre que o papa Francisco fará durante sua visita ao México, que acontecerá até o dia 17 de fevereiro.

A Conferência do Episcopado Mexicano (CEM) informou que os integrantes da cerca mostrarão seus telefones celulares ou levarão pequenas lanternas e se postarão desde o Aeroporto Internacional da Cidade do México, por onde chegará o pontífice ao país, até a Nunciatura apostólica, onde pernoitará.

"Neste ano de 2016 façamos a cerca de luz mais extensa de maneira que digamos seja bem-vindo papa Francisco", disse monsenhor Eugenio Lira, coordenador geral da visita papal, a sétima de um chefe da Igreja Católica ao México após cinco realizadas por João Paulo II e uma por Bento XVI.

A chegada de Francisco está prevista para as 19h30 da sexta-feira (23h30 em Brasília) e sua ida à Nunciatura será pouco depois do pôr do sol, o que permitirá que sejam mais visíveis as luzes com as quais os mexicanos receberão o ilustre visitante.

Roberto Delgado, coordenador dos voluntários, disse que se for levado em conta que as dezenas de milhares de pessoas que se espera respondam ao chamado para formar a cerca se colocarem em ambos os lados da avenida, os quilômetros de luzes serão 38, o que seria um recorde internacional. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicoPapa Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.