México afirma que líder do cartel Zetas foi morto

O principal chefe do cartel Zetas, Heriberto Lazcano, aparentemente foi morto em um tiroteio com fuzileiros navais, afirmou a Marinha do México. Se confirmada, a morte de Lazcano será uma grande vitória para as forças de segurança mexicanas.

AE, Agência Estado

09 de outubro de 2012 | 09h45

A Marinha disse que há "fortes indicações" de que o corpo de um dos dois homens mortos no domingo no Estado de Coahuila, norte do México, é de Lazcano, conhecido como "El Lazca". Mas oficiais acrescentaram que mais testes forenses serão realizados para confirmar a identidade.

O cartel Zetas foi fundado por Lazcano e outros desertores de uma unidade de elite do Exército. A quadrilha é a autora de alguns dos piores massacres, maiores fugas de prisão e mais fortes ataques contra autoridades do México.

Lazcano, também conhecido como "El Verdugo" (o Executor) é suspeito de centenas de assassinatos. Os Zetas ganharam sua fama de brutalidade por exibir publicamente as cabeças decapitadas de seus inimigos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicoZetaslídermorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.