México afirma ser contra a guerra

O presidente do México, Vicente Fox, afirmou ser contra a guerra dos Estados Unidos contra o Iraque. Em discurso dirigido a mexicanos residentes nos EUA, Fox disse que o México vai trabalhar com o Iraque e com outros países para reduzir a crise humanitária provocada pelo conflito. O México é membro temporário do Conselho de Segurança da ONU, onde o embaixador fez várias declarações a favor do desarmamento do Iraque, mas contra o uso da força sem uma resolução explícita do órgão.Na sexta-feira passada, no auge da pressão diplomática norte-americana por apoio a uma resolução que autorizasse uma ação militar, Fox foi hospitalizado para uma cirurgia na coluna. Na segunda-feira, depois de EUA, Reino Unido e Espanha decidirem não apresentar a proposta, Fox apareceu restabelecido, comandando uma reunião do ministério."Os mexicanos que vivem nos EUA estão orgulhosos de sua posição firme e corajosa na ONU sobre a guerra. Sabemos que é uma decisão difícil, mas queremos dizer que estamos com você", disse a Fox a conselheira do Instituto dos Mexicanos Residentes no Exterior, Lydia Fernandez. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.