México captura sucessor de chefe do narcotráfico

'El Charro' deu informações sobre matança de 20 turistas no balneário de Acapulco

Agência Estado

24 de novembro de 2010 | 13h48

Captura. 'El Charro' é levado pela Polícia Federal mexicana.

 

CIDADE DO MÉXICO - A Polícia Federal do México capturou com sucesso o sogro e sucessor do suposto chefão do narcotráfico Edgar Valdez Villareal, conhecido como "La Barbie", informou nesta quarta-feira, 24, o chefe do departamento antidrogas da corporação, Ramón Pequeño.

 

Carlos Montemayor, apelidado "El Charro" (o bronco), foi detido na terça junto a dois supostos cúmplices e disse à polícia que uma facção do grupo de "La Barbie" foi responsável pelo sequestro e matança de 20 turistas no balneário de Acapulco, no Estado de Guerrero. "El Charro" disse que os turistas foram confundidos pelos traficantes com integrantes do cartel rival La Família.

 

A captura de "El Charro" ocorreu após a troca de informações entre a polícia mexicana e a agência antidrogas dos EUA (DEA). Pequeño disse que Montemayor "assumiu a liderança da organização criminosa por indicação de ''La Barbie'', após esse último ter sido capturado em agosto.

 

"La Barbie" é originário do Texas (EUA) e é acusado no México por narcotráfico, sequestro e posse ilegal de armas, embora também enfrente processo de extradição aos EUA. "La Barbie" liderava uma facção que lutava pelo controle do cartel dos Beltrán-Leyva. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeviolênciatráficoMéxico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.