México eleva para 60 total de mortes por gripe suína

O ministro de Saúde do México, José Angel Córdova, disse hoje que foram confirmadas 60 mortes pela influenza A (H1N1), a gripe suína, no país e registrados 2.446 casos. Ontem, as autoridades mexicanas apontavam 58 mortes e 2.282 ocorrências. Córdova voltou a dizer que o problema segue em declínio.

AE, Agencia Estado

13 de maio de 2009 | 11h33

Segundo o ministro, 56 dos 60 mortos após contraírem o vírus adoeceram antes de 23 de abril. Córdova lembrou que as medidas preventivas ainda são recomendadas, como por exemplo usar máscaras no transporte público. Porém as máscaras não são necessárias em escolas, onde é feito um controle sanitário mais rígido, segundo as autoridades. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaMéxicomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.