Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Frank Augstein/ AP Photo
Frank Augstein/ AP Photo

México inicia vacinação contra covid-19 nesta quinta-feira

O país ocupa o quarto lugar com mais mortes em números absolutos no mundo — depois dos Estados Unidos, Brasil e Índia

AFP, O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2020 | 03h59

O México começará a vacinação contra a covid-19 nesta quinta-feira, 24, assim que chegar ao país a primeira remessa da vacina desenvolvida pela parceria alemã-americana Pfizer/BioNTech, segundo o subsecretário de Saúde, Hugo López-Gatell.

“Haverá uma demonstração para a imprensa e as doses ficarão guardadas até o dia do início da vacinação”, explicou López-Gatell no Twitter.

Anteriormente, o chanceler mexicano Marcelo Ebrard informou que chegarão da Bélgica 1,4 milhão de doses das 34,4 milhões que as farmacêuticas prometeram entregar em acordo com o governo.

O México, que possui 128 milhões de habitantes, registra 119.495 mortes e 1,33 milhão de infecções pelo novo coronavírus, segundo dados oficiais divulgados nesta terça-feira, 22. 

O país ocupa o quarto lugar com mais mortes em números absolutos no mundo — depois dos Estados Unidos, Brasil e Índia — e o 15º em óbitos por 100 mil habitantes.

O governo determinou que as primeiras vacinas serão destinadas aos profissionais da saúde que enfrentam a pandemia diariamente e serão administradas na Cidade do México e no estado de Coahuila, no norte do país, devido ao congelamento e à logística que a preservação do medicamento exige.

O México também tem acordos preliminares de compra com o projeto sino-canadense CanSinoBio para 35 milhões de doses, e com a britânica AstraZeneca para 77,4 milhões de doses, além de fazer parte do mecanismo internacional COVAX, que permite comprar 51,6 milhões de vacinas adicionais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.