México: mortes em brigas entre gangues chegam a 20

Subiu para 20 o número de mortes em um só dia em decorrência de uma série de enfrentamentos entre gangues de criminosos no Estado mexicano de Tamaulipas, no nordeste do país, afirmaram autoridades locais.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2014 | 11h04

No domingo, morreram treze homens e uma mulher no sul do Estado, em torno do porto de Tampico na Costa do Golfo e na vizinha Ciudad Madero, com pessoas baleadas na rua ou em negócios locais, de acordo com um comunicado emitido pela coordenação do grupo de aplicação da lei estadual e federal do Estado de Tamaulipas.

A extensão dos tiroteios foi tamanha que algumas das vítimas foram descobertas só na segunda-feira. Os corpos dos três homens mortos nos tiroteios de domingo foram localizados ontem nas ruas de Tampico.

Na cidade fronteiriça Ciudad Mier, no mesmo Estado, os corpos de três jovens foram encontrados depois serem mortos a tiros no domingo perto das margens do Rio Grande, informaram autoridades estaduais nesta segunda-feira.

Pelo menos outras cinco pessoas foram mortas em confrontos na mesma região ao longo dos últimos dias.

Tamaulipas abriga tanto o cartel do Golfo como a quadrilha de traficantes Zetas. Os confrontos ocorreram na sequência de operações conjuntas do Exército e da polícia que capturaram dezenas de suspeitos de serem atiradores do cartel de drogas, juntamente com veículos e armas. O comunicado do governo não identificou as gangues envolvidas nos confrontos de domingo, mas o prefeito de Tampico, Gustavo Torres, disse ao canal de televisão Milenio TV que oito vítimas na sua cidade estavam aparentemente ligadas ao Cartel do Golfo. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.