México prende chefe de cartel de drogas

O líder do cartel de drogas Juarez, Vicente Carrillo Fuentes, foi preso nesta quinta-feira na cidade de Torreon, no norte do México, de acordo com autoridades mexicanas, que falaram na condição de anonimato.

Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2014 | 18h15

Carrillo Fuentes, de 51 anos, comandava o cartel fundado por seu irmão mais velho, Amado Carrillo Fuentes. O governo mexicano ofereceu uma recompensa de 30 milhões de pesos mexicanos (US$ 2,2 milhões) por sua prisão.

Carrillo Fuentes, mais conhecido como "o vice-rei", ou "o general", tomou o controle do cartel de Juarez depois que seu irmão, Amado, chamado de "o rei dos céus", morreu em 1997 em uma cirurgia estética. O apelido surtiu porque ele transportava drogas para os EUA em cargas de aviões.

Vicente atuava em uma escala mais modesta, mas em uma época mais violenta do cartel. Baseado na cidade fronteiriça de Juarez, Carrillo Fuentes liderou a gangue em uma batalha pelo controle da área de rotas de tráfico contra o cartel de Sinaloa. O conflito durou anos e deixou 8.000 mortos. A estimativa é que a área seja responsável por 70% do tráfico de cocaína com destino Aso EUA.

Foi a segunda prisão de grandes traficantes de drogas nas últimas semanas. Autoridades mexicanas capturaram Hector Beltran Leyva em 1º de outubro. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicotráfico de drogasprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.