Mianmar: enchentes levam 85 mil a abandonar casas

Pelo menos 85 mil pessoas em Mianmar foram forçadas a abandonar suas casas após as piores enchentes em anos deixarem milhares de hectares de campos de arroz submersos, informou neste sábado um oficial do governo.

AE-AP, Agência Estado

25 de agosto de 2012 | 11h22

As fortes chuvas das últimas semanas causaram a inundação, que afetou principalmente a região do Delta no sul do país, segundo Soe Tun, membro da equipe de resposta de emergência do governo birmanês.

Apenas na região cerca de 70 mil pessoas foram afetadas e estão provisoriamente abrigadas em 219 centros de emergência montados em escolas e mosteiros. Em outras partes do país, as cheias desalojaram 15 mil pessoas, disse o funcionário.

Nenhuma morte foi registrada, mas as enchentes destruíram 240 mil hectares de plantações de arroz.

As inundações no sul de Mianmar normalmente ocorrem durante as chuvas de monção e as deste ano são as mais fortes registradas desde 2004, de acordo com Soe Tun. Em 2008, a região do Delta foi devastada pelo ciclone Nargis, que deixou 130 mil mortos e destruiu mais de 800 mil casas e prédios. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Mianmarenchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.