Mianmar reporta 22 mortes em confrontos em abril

Enfrentamentos entre tropas do governo e rebeldes étnicos no nordeste de Mianmar provocaram a morte de pelo menos 22 pessoas este mês, segundo a imprensa estatal. Conflitos no estado de Kachin vêm ocorrendo apesar dos esforços do governo para criar um acordo de cessar-fogo com todos os grupos étnicos armados.

Agência Estado

20 de abril de 2014 | 16h22

A violência eclodiu em 4 de abril depois de membros do exército Kachin Independente emboscaram uma coluna do exército na região de Man Wein Gyi. A operação que se seguiu resultou na captura de um campo rebelde, mas ao menos 14 soldados do governo e oito rebeldes foram mortos no evento, reportou o jornal Kyemon.

O grupo de Kachin é a única principal organização rebelde que ainda não assinou um cessar-fogo com o governo. Em alguns momentos, o governo recorreu a bombardeios, deslocando cerca de 120 mil pessoas, muitas das quais agora vivem em campos de refugiados superlotados. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Mianmarconfrontos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.