Michael Howard é o novo líder do Partido Conservador inglês

O parlamentar Michael Howard, de 62 anos foi eleito nesta quinta-feira líder do Partido Conservador - o principal de oposição na Grã-Bretanha. Membro da ala ortodoxa da agremiação, Howard concorreu sozinho ao cargo. Ele substitui Iain Duncan Smith, um político sem carisma afastado pela bancada conservadora na Câmara dos Comuns. O novo líder terá a missão de devolver o poder aos conservadores nas eleições de 2005. "Se quisermos vencer, teremos que trabalhar unidos como um time. Precisamos redescobrir as virtudes da amizade e do apoio mútuo", disse Howard em seu primeiro discurso depois da eleição. "Nosso desafio é crescer como uma alternativa atraente e digna de crédito. É claro que será um caminho árduo. Nossa luta acabou de começar." Líderes do partido esperam que o articulado advogado formado em Cambridge ajude os conservadores a voltarem a subir nas pesquisas de opinião. Prejudicado por persistentes disputas internas desde 1990, quando Margaret Thatcher deixou de ser primeira-ministra, o Partido Conservador sofreu devastadoras derrotas eleitorais em 1997 e 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.