Michael Moore pede atenção e afinco aos democratas

Potenciais eleitores do Partido Democrata receberam um e-mail do controverso cineasta Michael Moore, pedindo votos para os democratas. Moore continua em guerra contra o governo George W Bush e conclama os internautas a remover do poder "aqueles que mandaram 2.800 de nossos soldados para a morte, por causa de uma mentira inventada pelo presidente"."As coisas parecem boas para os democratas, mas não comecem a estourar champanhe e fazer festa. Os republicanos vão brigar como cachorros nas próximas 24 horas", alerta. Moore aponta para a eficiência da máquina republicana de garantir votos. "Dezenas de milhares de voluntários republicanos estão batendo de porta em porta, fazendo ligações, e organizando caronas para a votação. Eles não estão comendo, não estão dormindo, não estão nem assistindo à Fox News", afirmou.Moore afirma que, apesar de o presidente Bush ter uma rejeição de mais de 60%, a mesma coisa aconteceu nas eleições de 2000 e 2004. "Foi a mesma coisa quando nós ganhamos o voto popular em 2000 e estávamos ganhando nas pesquisas de boca de urna em 2004", disse Moore. "Justamente quando as coisas parecem estar a nosso favor, os republicanos subitamente, misteriosamente, ganham as eleições.""Bom, não é tão misterioso assim: os republicanos estão ralando neste exato minuto, bem na sua rua. E você, o que está fazendo?"No fim da carta, ele conclama os internautas a mandarem e-mails e ligarem para todo mundo que conhecem, pedindo que votem amanhã. Ele também pede que os leitores se apresentem como voluntários nos comitês democrata. "A boa notícia? Existem mais pessoas como nós do que como eles. E vamos provar isso, de uma vez por todas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.