Microsoft diz ter sido vítima de hackers

A Microsoft anunciou na noite de sexta-feira que também foi vítima de um ataque cibernético, comparando sua situação com os recentes ataques de hackers no Facebook e na Apple.

AE, Agência Estado

23 de fevereiro de 2013 | 11h17

"Durante nossa investigação, encontramos um pequeno número de computadores, incluindo alguns em nossa unidade de Mac, que foram infectados por um software maligno que usou técnicas semelhantes às documentadas por outras organizações", escreveu Matt Thomlinson, gerente de segurança dos computadores, no blog da companhia. A Microsoft garante que não há evidência de que dados de clientes tenham sido comprometidos.

Essa é a mais recente quebra de segurança em uma série de ataques de hackers que começou no início do mês com o anúncio do Twitter de que dados de 250 mil usuários da rede social foram comprometidos. Computadores de funcionários do Facebook, da Apple e possivelmente do Twitter foram infectados após visitas a um site de desenvolvimento de softwares para iPhones. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.