Microsoft funciona normalmente nos EUA

Uma das empresas símbolos do capitalismo americano, a Microsoft, não alterou sua rotina no Brasil, em função dos ataques terroristas que destruíram alguns dos maiores símbolos dos Estados Unidos, como as duas torres do World Trade Center. O expediente foi normal na companhia e não houve nenhuma orientação para que os funcionários fossem dispensados, como ocorreu com algumas instituições financeiras americanas.Mesmo para as companhias que tiveram seus escritórios fechados em Nova York, como a Avaya, uma das empresas americanas líderes em vendas de sistemas e serviços de comunicação de voz, o expediente no Brasil foi normal. Na Compaq Brasil, o expediente também não sofreu alterações, apesar de os funcionários da companhia terem sido dispensados nos Estados Unidos.O que ocorreu em algumas empresas do setor de TI, como a Network Associates no Brasil, companhia que atua no oferecimento de soluções de segurança para e-business e que tem, entre suas unidades de negócios, a McAfee, uma das maiores organizações de pesquisa antivírus, foi a alteração de rotina de seus executivos.Nessa empresa, por exemplo, diretores tiveram que cancelar suas viagens internacionais e alguns, que estavam viajando por outros países da América Latina, tiveram orientação de voltar para o Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.