Mídia revela origem mexicana de favorito

Novos detalhes sobre a "conexão mexicana" do candidato favorito nas primárias do Partido Republicano, Mitt Romney, foram divulgados esta semana pela imprensa, destacando uma questão sobre a qual o ex-governador de Massachusetts falou muito pouco.

NOVA YORK, O Estado de S.Paulo

11 de janeiro de 2012 | 03h01

Romney, um mórmon de 64 anos nascido em Detroit (Estado de Michigan), poderia ser o primeiro candidato presidencial nomeado com um pai nascido no México, segundo a imprensa americana.

Romney, que não fala espanhol, segundo disse à agência France Presse seu porta-voz de campanha, poderia obter a cidadania mexicana se quisesse. O pai dele, George Romney, nasceu em 1907 em Colonia Dublan (no Estado de Chihuahua, norte do México), a 280 quilômetros da fronteira com os EUA, para onde pioneiros religiosos migraram há 125 anos, segundo um programa especial divulgado na segunda-feira à noite pelo canal NBC.

George Romney voltou para os EUA com 5 anos, quando começou a Revolução Mexicana, mas uma parte da família Romney, umas 40 pessoas, ainda vive em Colonia Dublan e na vizinha Colonia Juárez.

Segundo a história retratada pela NBC, o bisavô de Romney, Miles Park Romney, foi quem liderou a expedição para o México em 1884 para escapar de uma lei americana contra a poligamia, prática que os mórmons abandonaram mais tarde.

Os Romneys mexicanos dizem estar orgulhosos de ter seu coração dividido entre os dois países - a maioria deles possui dupla cidadania. Apesar de o ex-governador de Massachusetts ter falado pouco sobre sua origem mexicana e não ter visitado os parentes ao sul da fronteira, eles dizem que o apoiam. "Acho que ele tem boa chance de obter a nomeação republicana", disse um primo, Leighton Romney.

As origens mexicanas de Romney parecem contrapor-se à dura posição do candidato em matéria de migração, já que ele se opõe a uma reforma integral nesse setor e declarou-se favorável à deportações dos imigrantes ilegais.

Nesse sentido, o site de notícias Huffington Post ironizou o fato de que, apesar de o pai de Romney ter sido uma espécie de imigrante mexicano, isso não o impediu de tornar-se diretor executivo da companhia automobilística American Motors (adquirida pela Chrysler em 1987 e rebatizada Eagle) e em governador de Michigan. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.