Mil protestam contra acordo com EUA no Afeganistão

Mais de mil universitários bloquearam hoje uma importante rodovia no leste do Afeganistão, em protesto contra uma proposta de acordo para manter milhares de tropas norte-americanas no país após 2014, segundo uma testemunha. Um fotógrafo da Associated Press que estava no local acompanhou quando os manifestantes na cidade de Jalalabad bloquearam uma via de acesso a Cabul.

AE, Agência Estado

20 de novembro de 2011 | 12h22

Os manifestantes gritavam "Morte aos Estados Unidos!" e "Morte a Karzai", referindo-se ao atual presidente, Hamid Karzai. Eles dizem que não aceitarão qualquer acordo com os EUA. Um conselho de anciãos respaldou um acordo do tipo, mas impôs condições para a proteção da soberania afegã.

O Taleban condenou neste domingo a reunião dos anciãos, alegando que eles eram fantoches do governo afegão e afirmando que o grupo vê as forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e dos EUA como uma ocupação. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoprotestoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.