Milhares de espanhóis protestam contra ameaça de guerra ao Iraque

Milhares de pessoas participaram neste domingo, de uma passeata pelas ruas da Madri para exigir que o presidenteamericano, George W. Bush, não declare guerra ao Iraque, e pedirao governo espanhol para não apoiá-lo. Os manifestantes levavam cartazes dizendo "Terror USA!" eoutros comparavam Bush com Hitler enquanto caminhavam até aPuerta del Sol. Segundo a polícia, quase 3.000 pessoasparticiparam da minifestação. O protesto foi organizado por vários grupos esquerdistas, oComitê de Solidariedade Árabe e sindicatos. O primeiro-ministro espanhol, José María Aznar, é um dosmaiores aliados de Bush na Europa. Seu governo tem dito queapoiará a guerra se fracassarem esforços diplomáticos para que olíder iraquiano, Saddam Hussein, cumpra as resoluções da ONU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.