Milhares de europeus celebram dia do orgulho gay

Em uma celebração festiva pelo dia do orgulho gay, centenas de milhares de pessoas desfilaram e dançaram neste sábado em algumas das principais européias como Madri, Lisboa, Paris, Viena e Berlim, nesta última tendo àfrente o prefeito da cidade. Com bandeiras nas cores do arco-íris, defenderam maiores direitos e protestaram contra as discriminações. Os desfiles são celebrados a cada ano em comemoração ao início do movimento pelos direitos dos homossexuais em Greenwich Village, Nova York, em 1969.Na capital espanhola, ao som de música techno e disco,centenas de milhares de manifestantes, muitos fantasiados etendo à frente um grupo de drag queens, convergiram para aPuerta del Sol, com cartazes que pediam "mais direitos, menoscompaixão pelos homossexuais". Em Berlim - metrópole onde otema da homossexualidade se fez presente desde o século 19 -, aparada foi liderada pelo prefeito Klaus Wowereit, que assumiu sua identidade sexual desde que foi eleito em 2001. A parada alemã defendeu a celebração dos Jogos Gays de 2010 em Berlim.Para os organizadores da marcha em Lisboa, de queparticiparam cerca de 500 pessoas no centro da capitalportuguesa, trata-se sobretudo de reivindicar o respeito àsdiversidade. Em Paris, a parada contou com a participação de entre500.000 e 700.000 pessoas, segundo a polícia e os organizadores,e também foi liderada pelo prefeito da capital, Bertrand Delanoë e pelo ex-ministro da educação, Jack Lang. Em Viena, 200.000 pessoas, segundo estimativas dos organizadores, participaram esta tarde do já tradicional desfile dos gays pelas avenidas que rodeiam o centro de Viena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.